CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Chris Hedges avatar

Chris Hedges

Jornalista vencedor do Pulitzer Prize (maior prêmio do jornalismo nos EUA), foi correspondente estrangeiro do New York Times, trabalhou para o The Dallas Morning News, The Christian Science Monitor e NPR.

89 artigos

blog

Um genocídio anunciado

O genocídiorobo mines bet7kGaza é o estágio finalrobo mines bet7kum processo iniciado por Israel há décadas

(Foto: Ibraheem Abu Mustafa / Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasilrobo mines bet7k e da TVrobo mines bet7k no canal do Brasilrobo mines bet7k e na comunidaderobo mines bet7k no WhatsApp.

robo mines bet7k de :Temos os melhores relatórios de previsão, você está convidado a participar

Você está interessado robo mines bet7k {k0} aprender a ver os resultados das corridas robo mines bet7k galgos? Não procure mais! Neste artigo, vamos 🍋 guiá-lo através do processo para acessar e entender o resultado da corrida no Brasil.

Passo 1: Entendendo a indústria brasileira robo mines bet7k 🍋 corridas Greyhound

10x é um termo utilizado robo mines bet7k {k0} finanças e economia para descrever uma estratégia que consiste numa venda por quantidade 6️⃣ dos ativos financeiros (como aes, pelo exemplo) E : Em seguida recompra-los melhores preços Um curso diário do tempo.

Esta estratégia 6️⃣ é conhecida como "Roll-over 10x" porque o investidor vende 10% do seu porto robo mines bet7k ativos financeiros robo mines bet7k {k0} cada dia, 6️⃣ e entrada compra dos nossos clientes no futuro próximo.

bet365 app android sport

cense Or,uthorization To do so. It's advisable that everly companny wishing from

sua Gandlling asresgaming-related Bussising; should sepplly For and 💵 decquere an

Não há surpresasrobo mines bet7kGaza. Cada ato horripilante do genocídiorobo mines bet7kIsrael tem sido telegrafado com antecedência. Tem sido assim por décadas. A desapropriação das terras dos palestinos é o coração pulsante do projeto colonizador ocupacionalrobo mines bet7kIsrael. Esta desapropriação teve momentos históricos dramáticos – 1948 e 1967 – quando partes enormes da Palestina histórica foram tomadas e centenasrobo mines bet7kmilharesrobo mines bet7kpalestinos foram eticamente “purificados”. A desapropriação também ocorreurobo mines bet7kincrementos – o rouborobo mines bet7kcâmera-lenta da terra e a “limpeza” étnica contínua da Cisjordânia, incluindo o lesterobo mines bet7kJerusalém.

A incursãorobo mines bet7k7robo mines bet7koutubrorobo mines bet7k2023 dentrorobo mines bet7kIsrael, feita pelo Hamas e outros gruposrobo mines bet7kresistência – que resultou na morterobo mines bet7k1.154 israelenses, turistas e trabalhadores migrantes e teve cercarobo mines bet7k240 pessoas capturadas como reféns – deu o pretexto pelo qual Israel ansiava por muito tempo, a eliminação total dos palestinos.

Israel assassinou pelo menos 32.705 palestinosrobo mines bet7kGaza, incluindo 13.000 crianças e 9.000 mulheres. Isto significa que Israel está abatendo até 187 pessoas por dia, incluindo 75 crianças. Eles assassinaram 136 jornalistas, muitos dos quais, senão a maioria, foram deliberadamente visados. Estes números sequer começam a refletir a taxa realrobo mines bet7kmortes, já que são contados apenas aqueles que foram registradosrobo mines bet7knecrotérios e hospitais, a maioria dos quais já não funcionam mais. O totalrobo mines bet7kmortos, quando se contam os desaparecidos, excede as 40.000 pessoas.

Os médicos são forçados a amputar membros sem anestésicos. Aquelas pessoas que têm condições médicas crônicas – como câncer, diabete, doenças cardíacas erobo mines bet7kfígado – morreram devido à faltarobo mines bet7ktratamento, ou senão morrerão dentrorobo mines bet7kbreve. robo mines bet7k Maisrobo mines bet7kcem mulheres dão à luz por dia, sem cuidados médicos. Os abortos espontâneos aumentaramrobo mines bet7k300%. robo mines bet7k Maisrobo mines bet7k90% dos palestinosrobo mines bet7kGaza sofremrobo mines bet7kinsegurança alimentar aguda, sendo que há pessoas que se alimentamrobo mines bet7krações animais e gramas. As crianças estão morrendorobo mines bet7kfome. Escritores palestinos, acadêmicos, cientistas e membros das suas famílias foram monitorados e assassinados. robo mines bet7k Maisrobo mines bet7k75.000 palestinos foram feridos, muitos dos quais ficaram aleijados pelo resto das suas vidas.

Estas acusações, escreve Albanese, são “pretextos” usados para justificar “o assassinatorobo mines bet7kcivis sob a coberturarobo mines bet7kuma suposta legalidade, cuja abrangência total admite apenas a intenção genocida”.

Em escala devida, não vimos um assalto desta magnitude sobre os palestinos, mas todas estas medidas – a matançarobo mines bet7kcivis, a desapropriaçãorobo mines bet7kterras, as detenções arbitrárias, as torturas, os desaparecimentos e os cercos impostos à cidades e vilas palestinas, as demoliçõesrobo mines bet7kcasas, as renovaçõesrobo mines bet7kautorizaçõesrobo mines bet7kresidência, a destruição da infraestrutura que mantém a sociedade civil. A ocupação militar, a desumanização da língua, o rouborobo mines bet7krecursos naturais, especialmente os aquíferos – definem há muito tempo a campanharobo mines bet7kIsrael para erradicar os palestinos.

Os líderes sionistas são claros sobre as suas metas.

O ministro da defesarobo mines bet7kIsrael, Yoav Gallant, anunciou que após o dia 7robo mines bet7koutubro Gaza não receberia “nem eletricidade, nem alimentos, nem água, nem combustível”. O ministrorobo mines bet7krelações exterioresrobo mines bet7kIsrael Katz disse: “Ajuda humanitária para Gaza? Nenhum interruptor elétrico será ligado, nenhum hidrantesrobo mines bet7kágua será aberto”. Avi Dichter, o ministro da agricultura, referiu-se ao ataque militarrobo mines bet7kIsrael como “a Nakbarobo mines bet7kGaza”, ou a “catástrofe” que ocorreu entre 1947 e 1949 – a qual expulsou 750.000 palestinos das suas terras e resultourobo mines bet7kmilharesrobo mines bet7kmassacrados pelas milícias sionistas. A membra da Knesset do partido Likud Revital Gottlieb postou narobo mines bet7kmídia social o seguinte: “Derrubem prédios!! Bombardeiem sem distinção!! Arrasem Gaza até o chão. Sem misericórdia! Desta vez, não é espaço para a misericórdia!” Para não ser superado, o ministro do legado histórico Amichai Eliyahu apoiou o usorobo mines bet7karmas nucleares sobre Gaza como “uma das posibilidades”.

A mensagem das lideranças israelenses é inequívoca. Aniquilar os palestinos da mesma maneira que nós [os EUA] aniquilamos os nativos americanos, assim como os australianos aniquilaram as primeiras nações indígenas, como os alemães aniquilaram o povo Herero da Namíbia, assim com os turcos aniquilaram os armênios e os nazistas aniquilaram os judeus.

Os detalhes específicos são diferentes. O processo é o mesmo.

Não podemos [os EUA] alegar inocência. Nós sabemos o que ocorreu com os palestinos. Nós sabemos o que está ocorrendo com os palestinos. Nós sabemos o que ocorreu com os palestinos.

Porém, é mais fácil fazerrobo mines bet7kconta. Fazerrobo mines bet7kconta que Israel permitirá a entradarobo mines bet7kajuda humanitária. Fazerrobo mines bet7kconta que haverá um cessar-fogo. Fazerrobo mines bet7kconta que os palestinos retornarão aos seus lares destruídosrobo mines bet7kGaza. Fazerrobo mines bet7kconta que Gaza será reconstruída. Fazerrobo mines bet7kconta que a autoridade palestina (PLO) administra Gaza. Fazerrobo mines bet7kConta que haverá uma soluçãorobo mines bet7kdois estados. Fazerrobo mines bet7kconta que não há genocídio.

O genocidio, o qual os EUA estão financiando e apoiando com embarquesrobo mines bet7karmamentos, diz algo não somente sobre Israel, mas sobre nós [os EUA] mesmos, sobre a civilização ocidental, sobre quem nós somos enquanto um povo,robo mines bet7konde nós viemos e o que nos define. Isso expressa a mentira que é toda a nossa alardeada moralidade e respeito pelos direitos humanos. Isso diz que as pessoasrobo mines bet7kcôr não se importam, especialmente quando são pobres e vulneráveis. Isso diz que nada valem as esperanças, os sonhos, a dignidade e as aspirações deles por liberdade. Isso diz que garantimos a dominação global através da violência racializada.

Esta mentira –robo mines bet7kque a civilação ocidental está predicada sobre “valores” como o respeito pelos direitos humanos e pelo estadorobo mines bet7kdireito – é algo que os palestinos e todos no Sul Global, bem como os Nativos Americanos e os estadunidenses pretos e pardos conhecem há séculos, Porém, com o genocídiorobo mines bet7kGaza sendo transmitido ao vivo, fica impossível sustentar esta mentira.

Nós [os EUA] não impedimos o genocídiorobo mines bet7kIsrael porque nós somos Israel, infectados pela supremacia branca e intoxicados pela nossa dominação das riquezas do mundo e pelo poderrobo mines bet7kobliterar outros com as nossas armas industriais. Lembremo-nos do colunista do The New York Times Thomas Friedman contando ao Charlie Rose na véspera da guerra no Iraque que os soldados estadunidenses deveriam irrobo mines bet7kcasarobo mines bet7kcasa,robo mines bet7kBasra e Bagdá, para dizer aos iraquianos “chupem essa”? Este é o verdadeiro credo do império dos EUA.

O mundo fora das fortalezas industrializadas do Norte Global está agudamente cienterobo mines bet7kque o destino dos palestinos é o destino deles. Enquanto as mudanças climáticas colocamrobo mines bet7kperigo a sobrevivência, enquanto os recursos tornam-se escassos, à medida que as migrações tornam-se imperativas para milhõesrobo mines bet7kpessoas, à medida que as colheitas agrícolas declinam, que as áreas costais são inundades, que as sêcas e os incêncios proliferam-se, à medida que os estados colapsam, que os movimentosrobo mines bet7kresistência armada levantam-se para combater os seus opressores e os seus pressupostos, o genocídio não será uma anomalia. Os vulneráveis e os pobres da Terra – aqueles que Frantz Fanon chamavarobo mines bet7k“os miseráveis da Terra” - serão os próximos palestinos.

iBest:robo mines bet7k é o melhor canalrobo mines bet7kpolítica do Brasil no voto popular

Assine orobo mines bet7k, apoie por Pix, inscreva-se na TVrobo mines bet7k, no canal Cortesrobo mines bet7k e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO